Um Ano Para Paulista Esquecer

Por: José Ayan Jr e André Carlos Zorzi

O desempenho dos times paulistas no Campeonato Brasileiro é decepcionante e após 15 anos a Copa Libertadores pode ficar sem nenhum representante do Estado. Todos os representantes de São Paulo ainda têm oito jogos a disputar no Brasileirão, porém estão na zona intermediária da tabela ou lutam contra o rebaixamento.

O Santos é o melhor colocado entre os paulistas, com 43 pontos em oitavo. Após a perda de Neymar, no começo do campeonato, o Alvinegro Praiano se reestruturou, deu uma chance ao então técnico interino Claudinei Oliveira, que apostou na mescla de jogadores experientes com apostas da base. O Peixe sempre vislumbrou um lugar no G-4, porém nunca conseguiu engatar uma sequência de vitórias, e parece que não terá forças para conquistar o objetivo.

Maior decepção do ano, o Corinthians começou bem a temporada conquistando o Campeonato Paulista e a Recopa Sul-Americana, fato que o colocou entre os candidatos ao título, porém diante de um ataque pífio, o segundo pior do campeonato, com média inferior a um gol por partida. O Timão de Tite segue sem grandes aspirações no campeonato (está na 12ª posição com 40 pontos) e depositava todas as suas esperanças na Copa do Brasil, para salvar o ano, diante da base do time campeão mundial e dos grandes investimentos, mas Alexandre Pato, contratado por 40 milhões de reais, perdeu a última penalidade de forma bisonha que causou a queda do Corinthians ante o Grêmio.

Outro a surpreender pelo lado negativo foi o São Paulo, que passou por crise e engatou uma série de 12 jogos sem vitória. Com o time na zona de rebaixamento, algo inédito na história do clube, uma pressão psicológica ficou instaurada entre os jogadores, e o modo que a diretoria encontrou para contornar a situação foi modificar a comissão técnica. A primeira tentativa não deu certo, Ney Franco deu lugar a Paulo Autuori, porém o sucessor teve aproveitamento de apenas 27,1%. Então diante do clamor dos torcedores, o técnico e ídolo Muricy Ramalho foi contratado e deu início a reação. O Tricolor lidera o segundo turno ao lado do Cruzeiro, mas ocupa a 10ª colocação geral com 40 pontos. O time deposita suas esperanças na Copa Sul-Americana para voltar ao torneio mais importante do continente.

Imagem

A Portuguesa, famosa por constantes rebaixamentos e acessos num curto espaço de tempo, parece se firmar pelo segundo ano consecutivo na primeira divisão e faz um campeonato seguro após um começo instável. A chegada do técnico Guto Ferreira foi importante para recuperar a confiança da equipe. A Lusa está em 13º com 38 pontos. O ápice do campeonato para o time foi a vitória de 4×0 sobre o Corinthians, fato extremamente comemorado pelos torcedores lusitanos.

Parece que a Ponte Preta será o único paulista rebaixado nesta edição do Brasileiro. Com elenco frágil, a Macaca está na 19ª colocação com 30 pontos em situação extremamente delicada, e apenas uma arrancada heroica poderia evitar a tragédia. A Ponte ainda disputa a Copa Sul-Americana e faz história por ter disputado o primeiro jogo internacional do clube.