Explorando o Velho Continente

Por André Sampaio

Trabalhou durante um ano e meio, juntou dinheiro suficiente para passar três meses na Europa e com uma passagem só de ida para  Londres, caiu no mundo.Foi assim que o jovem Diego Gutierrez de apenas 18 começou sua jornada rumo ao Velho Continente. Diferente de muitos alunos brasileiros, no ultimo ano da escola, a principal preocupação de Diego não era passar no vestibular, mesmo fazendo cursinho junto com a escola, o objetivo principal do jovem era viajar, com uma determinação invejável, ele dividiu seu tempo entre escola, cursinho e trabalho, mirando apenas um único objetivo: viajar.

“Trabalhei por um ano e meio em dois restaurantes para conseguir, perdi muitos finais de semana, deixei de fazer várias coisas para ter grana, mas compensou muito! É muito mais legal quando você conquista a viagem, ao invés de simplesmente esticar a mão e pedir pra os pais, todo processo te faz amadurecer muito, só assim você se toca o quanto é difícil juntar 100 reais e o quanto é fácil gastar.” Diz Diego

963804_694799570534411_1856944381_o

Músico em Paris

Dia 24 de junho, embarcou, ficou um tempo  conhecendo a Inglaterra, para depois começar a “andar” pelo resto do continente, passou por povos e culturas extremamente diferentes, desde as famosas  mesquitas na Turquia, as belas praias gregas, o Muro de Berlin,o bacalhau em Portugal até o charme de Paris, e a exótica Eslováquia. O jovem já passou por 13 países, são eles: Inglaterra,Turquia,Grécia,Suíça,França,Bélgica,Holanda,Alemanha,Republica Tcheca,Áustria,Eslováquia,Espanha,Portugal e  a viagem se encerrará  no Marrocos. A volta esta prevista para o começo de dezembro

Para poupar dinheiro Diego pegou caronas, dormiu na praia, mas chegou um momento que a grana acabou, foi então que o jovem se estabeleceu em um hostel, no centro de Barcelona, e por  la ficou durante um mês para juntar dinheiro trabalhando no próprio hostel e como promoter de uma balada, para seguir viagem. Os países que mais marcaram a viagem, foram os mediterrâneos:França,Espanha Grécia.

1072333_682357308445304_178522989_o

Istambul

“O melhor aprendizado da viagem foi viver momentos únicos, que ficaram marcados para sempre, e renderão boas conversas com meus filhos e netos.”

Encerro a matéria com um trecho da entrevista, que com certeza motivará muitas pessoas que pensam em sair por ai viajando:

“Não existe nada melhor do que estar sozinho com sua mochila nas costas e o mundo a sua frente. A sensação de liberdade é o que mais me cativa.O sentimento de poder ir para onde quiser e fazer o que bem entender  não tem preço! Sem contar nas experiências que você vive, nas pessoas que  conhece e nas diferentes culturas que lhe são apresentadas”

“How does it feel?!
To be on your own
With no direction home
Like a complete unknown
Like a rolling stone”