Do Ipiranga Pro Mundo

Por Tomás Duarte

Quem acompanha a cena atual do rap nacional sabe que as batalhas de MC’s estão em evidência, tornando-se um novo espaço de interação social e cultural da juventude pelos quatro cantos do País e impulsionando novos artistas para o estrelato no meio do rap. Isto se deve ao fato de artistas como Emicida e Projota terem feito sua “graduação” no rap em eventos desta espécie.

Uma das mais clássicas e famosas batalhas de São Paulo é a conhecida Batalha do Metrô Santa Cruz, iniciada em 2006 por alguns jovens habitantes da região (perto de bairros como Vila Mariana e Ipiranga).

Flow MC, um destes jovens do Ipiranga, mostra-se cada vez mais firme no seu “corre”, cravando seu nome no meio do rap nacional e nas ruas, além das inúmeras casas de show em que se apresenta por São Paulo e outras cidades.

Flow-Mc

Flow MC: “Deixa o vileiro trampar”

Na quarta-feira, 2/10, o artista lançou, junto com a produtora Casa 1, o clipe da música Pode ParaO clipe é de roteiro simples, mas gravado em alta definição e ótima qualidade técnica, em estúdio de fundo branco, com aparições de amigos de caminhada do artista (MC BitrinhoMarcello Gugu e Vullgo Sau) que também são da velha guarda do Santa Cruz e estão na árdua construção de um futuro próspero em suas carreiras no rap.

O som fala sobre o artista estar correndo atrás de seu sonho através do rap e da mudança de comportamento em sua rotina. Com um belo “sample” da canção Abrigo de Vagabundo, dos Demônios da Garoa, o artista diz “pode parar” para os críticos saudosistas do rap nacional em geral, inconformados com a mudança comportamental dos novos artistas que se lançam na grande mídia e mantêm uma postura mais irreverente e jovem, como o próprio Flow.

Flow MC está no seu quarto vídeo. O MelhorPor quê e Quartinho Obscuro são os outros três; este último com atuação de Flora Matos e Emicida.

O artista possui três mixtapes: Mesclando Rimas (2007)Vileiro (2011) e Sensaflownal (2012).

Abaixo, segue o clipe oficial: