Ondas no Rio Amazonas

Por André Sampaio

Quando se fala em surfe, as pessoas logo pensam nas praias, porem existe um fenômeno natural, que só ocorre quando o mar invade o rio na forma de uma grande onda que se choca contra a corrente fluvial. Ela pode atingir até 4 metros de altura e durar até uma hora e meia, avançando 50 quilômetros rio adentro.

Este fenômeno é denominado de  “Pororoca” que na língua Tupi significa “causar um grande estrondo” . No Brasil ele  se manifesta na foz do rio Amazonas e afluentes do litoral paraense e amapaense, e na foz do rio Mearim, no Maranhão. Os meses em que as ondas atingem seu ápice são em março e abril

Por proporcionar ondas perfeitas, a Pororoca é um dos destinos mais  procurados por muitos surfistas. Anualmente campeonatos são realizados, principalmente no Maranhão, onde as ondas são mais fortes, e em algumas vezes capazes de derrubar árvores. Porém para encarar uma onda dessa o surfista tem que estar preparado pois o caldo é violento.

O Surfista paranaense Michel contou como foi sua experiência: “ Ela é incrível, nunca tinha visto uma onda assim, quebrando grande para os dois lados, eu estava na espuma, onde ela puxava e empurrava, mas eu consegui subir na pressão. Olhei pra trás e a pororoca parecia uma lâmina de água, e na frente só avia a natureza. Foram três minutos lindos.”

A ABRASPO, Associação Brasileira de Surfe,  lançou um documentário sobre a pororoca,  chamado “Pororoca 10 anos”, com imagens maravilhosas, radicais e chocantes. Para quem pensa em se aventurar nas ondas do rio pode consultar esse site para encontrar qualquer informação.

 

Surfista encarando a tenebrosa pororoca

Surfista encarando a tenebrosa pororoca