EMICIDA RETORNA AO LOCAL ONDE NUNCA ESTEVE

Por Tomás Duarte

emicida-capa-album-glorioso-retorno

O Glorioso Retorno de Quem Nunca Esteve Aqui

O rapper paulistano Emicida lançou, na quarta-feira, dia 21/08/2013, seu mais novo trabalho. Desta vez, um álbum (antes foram duas mixtapes e uma EP). O Glorioso Retorno de Quem Nunca Esteve Aqui demarca de vez o rap nacional dentro do conceito de Nova MPB, e mostra, de maneira mais amadurecida, a versatilidade do rapper tanto para compor, como para caminhar, com os pés do rap, por dentro dos mais variados estilos musicais.

O álbum conta com participações de integrantes das mais diferentes esferas musicais tupiniquins (desde o funkeiro MC Guimê, até a roqueira Pitty, passando pelos sambistas do Quinteto em Branco e Preto, entre outros).

Emicida consegue transformar um estilo musical, antes com um estereótipo revoltado e adolescente, em algo com uma face equilibrada e amadurecida.

Com batidas produzidas por “beatmakers” brasileiros e norte-americanos, a produção total do disco ficou por conta de Felipe Vassão, que deu corpo e musicalidade às batidas que chegavam cruas.

Algumas faixas já estavam disponíveis na internet antes do lançamento do disco: Crisântemo, Hoje Cedo (part. Pitty) e Zoião (trilha sonora da novela das 7h, na Globo).

Um destaque fica por parte da polêmica Trepadeira, com participação do músico Wilson das Neves. Logo na primeira semana, a canção gerou polêmica com grupos feministas radicais, que a consideraram uma “afronta à liberdade sexual feminina”.

emicida-wilson

Emicida e Wilson das Neves: Poesia polêmica

O álbum conta, também, com uma intro em formato de recital, onde o rapper narra uma de suas poesias em parceria da atriz Elisa Lucinda.

Abaixo, segue o álbum disponibilizado no canal oficial do rapper no Youtube, acompanhado de filmagens em estúdio e da tracklist na descrição.